Para Resignificar o Biogás

Em seu texto, Cícero Bley destaca a importância da segmentação de mercados como fator positivo para atender às necessidades e um público-alvo e potencializando a aceitação do desenvolvimento de negócios inovadores.

Para Resignificar o Biogás
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Comunidades & Produtores de Biogás
Agroenergia & Biogás

Para Resignificar o Biogás

Cícero Bley Jr | Todas as trilhas de capacitação em Ciências do Mercado, são unânimes em destacar, que para se reconhecer clientes potenciais e suas características e relações é imprescindível ter sido desenvolvido um bom exercício de segmentação. É por ai, por segmentos,  que se reconhecem os fatores de mercado que influenciam o comportamento de potenciais clientes e definem-se possíveis rotas para a progressão da participação de produtos, bens ou serviços que se pretende oferecer.

Nos tempos modernos, a Cultura da Inovação que tanto tem arejado os mercados, chega a denominar de “ecossistemas” o que se entende também como segmentos de mercados.  E preconiza com clareza que ecossistemas mercadológicos, tanto como os naturais, caracterizam-se através da caracterização da semelhança entre os seus componentes, distribuídos em espaços cujos limites são claramente constituídos. Ecossistemas ou segmentos de mercado quando precisos, não apresentam bordas infinitas. 

Ao aplicar esses conceitos para identificar os diferentes ecossistemas potencialmente produtores de biogás e seus derivados, percebe-se que aqueles que tiveram a felicidade de se constituir bem definidos, vêm obtendo ótimos resultados, como o segmento sucroalcooleiro e do saneamento/aterros de resíduos urbanos. Ao contrário, ao denominar de forma vaga, imprecisa, genérica, um segmento considerado potencial gerador de 38% de todo o biogás brasileiro, como “setor agrosilvopastoril”, ou “setor do agronegócio”, toda a evolução esperada deste que é o segundo maior negócio brasileiro, o da produção de Proteina Animal, que hoje esta fragmentado e tende a imobilidade.

Enquanto serve-se de tecnologias para a produção de carnes e lácteos, como as de suínos, vive-se a ausência de soluções para aves e bovinos, assim como para peixes, para os quais desconhece-se completamente alguma recomendação para geração de energias com biogás. A fragmentação vai mais longe. Os produtores e suas indústrias de transformação, mantém os princípios amplos de integração em atividades essenciais, como nutrição, genética, mecanização, assistência técnica e em praticamente nada compartem em relação ao biogás e suas aplicações como fonte estratégica de energias elétrica, térmica e combustível. Implica também em tornar distante a conquista de indicadores ESG para os componentes.

A fragmentação trás junto a insegurança, a desintegração dos bioprocessos empregados, que definitivamente não se conversam, sobrando para os usuários o convívio com toda sorte de problemas a comprometer seus resultados. 

Este tema tomou conta de um evento virtual promovido no ultimo dia 28 pelo Grupo Agroenergia & Biogás, seção Biogas da Proteína Animal. Mais de 100 participantes  juntaram-se a esta conversa, para abrir um novo tempo para o biogás no Brasil.

Saiba mais sobre o evento virtual

Apoie o Manifesto

Clique, para download do manifesto.

Acesse o Canal no YouTube do Grupo Nacional Agroenergia & Biogás

Sobre o autor

Cícero Bley Jr - Co-Fundador e Membro do Conselho Fiscal da Abiogas.

CEO da Bley Energias - Estratégias e Soluções. Apoiador Técnico/Technical Advisor do Conselho Temático de Energia da Federação das Indústrias do Paraná. Tem graduação em Agronomia - UFPR (1971); Mestrado em Eng Civil. Gestão Territorial Urbana e Rural - UFSC (2006); Especialidade: Estratégias em Energias Renováveis e Sustentabilidade; atuou como Superintendente de Energias Renováveis - Itaipu Binacional, de 2004 a 2016; Fundador do CIBiogás - Centro Internacional do Biogás  no Parque Tecnológico de Itaipu; Fundador do Centro Internacional de Hidroinformática. Itaipu/Unesco; Fundador e Presidente Emérito da ABiogás - Associação Brasileira do Biogás e do Biometano.

Gostou do assunto?

Quer saber mais sobre o biogás no Brasil?

Autor: Cícero Bley Jr. Publicado em: 03 de março de 2023.

Este artigo não é de autoria do Portal Energia e Biogás, desta forma, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do autor. O Portal Energia e Biogás disponibiliza o espaço Comunidades & Produtores de Biogás para que especialistas publiquem conteúdos de opinião e conteúdos técnicos relacionados com o mercado de biogás e biometano. Os textos são avaliados pela equipe de redação do portal, que define possibilidade de publicação. Os conteúdos de opiniões enviados e publicados nesse espaço não refletem necessariamente a opinião do Portal Energia e Biogás.

AVISO! O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.