Aquisição da NEOgás pela Ultragaz traz oportunidades para o biometano

Em nota ao mercado, a Ultrapar Participações destaca que a aquisição marca a entrada da Ultragaz no segmento de distribuição de gás natural comprimido e, em adição, a NEOgás é uma plataforma ideal para viabilizar oportunidades de distribuição do biometano.

Aquisição da NEOgás pela Ultragaz traz oportunidades para o biometano
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Comunidades & Produtores de Biogás
Negócios & Mercado

Aquisição da NEOgás pela Ultragaz

Autor: Gabriel Kropsch

Era o Ano 2000 e o temível “Bug do Milênio” não tinha dado em nada. O mercado de GNV - Gás Natural Veicular estava em acelerada expansão mas as regiões metropolitanas já ficavam saturadas com tantos postos.

Fazer mais pontos de abastecimento nas mesmas áreas só iria “dividir o bolo em mais fatias”, a gente precisava fazer o mercado crescer. Mas com a limitação das redes de distribuição de gás canalizado, como expandir o uso do gás?

Foi aí que um pessoal bateu na nossa porta com uma tecnologia “revolucionária”. Uma maneira de levar o gás para onde não havia gasoduto.

A partir da tecnologia de um tal de “GNC”, o Gás Natural Comprimido.

Na época, já trabalhávamos com sistemas de compressão de gás, mas até então, para postos e indústrias. Carregar uma carreta com até 10.000m3 não seria moleza. Pra se ter uma idéia, isso é o volume de venda de um dia inteiro de 2 ou 3 postos de GNV somados. Mas vamos que vamos, topamos o desafio e entramos de sócios na empreitada.

Nascia então a NEOgás do Brasil, a primeira distribuidora de GNC do Brasil, e pioneira na América Latina.

Depois do começo na base do “bootstrap”, foram várias rodadas de funding, primeiro com o Cleantech Fund, depois com o Global Environment Fund, que levou a empresa para o mercado internacional: Peru, Colombia, México.

Em seguida uma captação importante com o IFC - International Finance Corporation que levou a empresa para os EUA, inaugurando um mercado até então inexistente por lá. Mais um investimento do GEF Capital Partners e finalmente outra captação, dessa vez com o Darby International Capital.

Ano passado a empresa bateu 100 milhões de m³ distribuídos, através de 149 carretas (semi-reboques), levando gás para regiões e municípios que de outra forma não teriam acesso a esse combustível econômico e menos poluente.

Ontem, passados 22 anos, se encerrou um ciclo, com a nossa saída em função da aquisição da empresa pelo Grupo Ultra, através da Ultragaz, mas começa um novo ciclo para a empresa.

Agora, como parte de um super grupo empresarial, não só pela capacidade técnica e de investimento, mas pelos mais altos padrões éticos e de segurança. Certamente será um ciclo de crescimento e desenvolvimento para a Neogás, para a equipe e para todo o mercado.

Que a Neogás continue distribuindo GÁS NATURAL SEM GASODUTO EM QUALQUER LUGAR!

ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A.

COMUNICADO AO MERCADO

Assinatura de contrato para aquisição da NEOgás pela Ultragaz


São Paulo, 21 de novembro de 2022 – A Ultrapar Participações S.A. (B3: UGPA3 / NYSE: UGP, “Ultrapar”), em cumprimento à Resolução CVM 44/21, comunica que, por meio de sua subsidiária Companhia Ultragaz S.A. (“Ultragaz”), assinou contrato para a aquisição da totalidade de ações da NEOgás do Brasil Gás Natural Comprimido S.A. (“NEOgás”). O valor total da empresa (enterprise value) é de R$ 165.000.000,00, sujeito a ajustes usuais de capital de giro e dívida líquida.

A NEOgás, fundada em 2000, foi pioneira no transporte de gás natural comprimido (GNC) no Brasil. Atualmente, é líder de mercado, atuando nos segmentos industrial, veicular e de projetos estruturantes em parceria com distribuidoras de gás natural. A NEOgás, que distribuiu mais de 100 milhões de m³ em 2021, possui 6 bases de compressão nas regiões Sul e Sudeste e 149 semi-reboques para distribuição de GNC.

A aquisição marca a entrada da Ultragaz no segmento de distribuição de gás natural comprimido e, em adição, a NEOgás é uma plataforma ideal para viabilizar oportunidades de distribuição do biometano. Esta transação reforça a estratégia da Ultragaz de ampliar a oferta de soluções energéticas para seus clientes industriais, utilizando de sua capilaridade, força comercial e marca Ultragaz, em consistência com o que a Ultrapar vem informando aos seus acionistas e ao mercado de capitais.

A Ultragaz e a NEOgás seguirão o curso normal de seus negócios de maneira independente até o fechamento da transação, sujeita à aprovação do CADE.


Rodrigo de Almeida Pizzinatto
Diretor Financeiro e de Relações com Investidores
Ultrapar Participações S.A.

Sobre o autor:

Gabriel Kropsch é empreendedor e desenvolvedor de negócios em gás natural, biogás e energias renováveis. É Sócio e Membro do Conselho da Sinergas, Vice-Presidente do Conselho de Administração da ABiogás - Associação Brasileira de Biogás e Biometano, Diretor de Marketing e Comunicação da EO Rio - Entrepreneurs'​ Organization Rio de Janeiro, Acionista da NEOgás do Brasil, possui atuações entre outras empresas. Linkedin.com - Gabriel Kropsch

Gostou do assunto?

Quer saber mais sobre o biogás no Brasil?

Autor: Gabriel Kropsch. Publicado em: 22 de novembro de 2022.

Este artigo não é de autoria do Portal Energia e Biogás, desta forma, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do autor. O Portal Energia e Biogás disponibiliza o espaço Comunidades & Produtores de Biogás para que especialistas publiquem conteúdos de opinião e conteúdos técnicos relacionados com o mercado de biogás e biometano. Os textos são avaliados pela equipe de redação do portal, que define possibilidade de publicação. Os conteúdos de opiniões enviados e publicados nesse espaço não refletem necessariamente a opinião do Portal Energia e Biogás.

AVISO! O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.