Biogás e o Dia Internacional da Reciclagem

A palavra “reciclagem” corresponde ao processo de conversão de desperdício em materiais ou produtos de potencial utilidade. Nesse sentido, os resíduos orgânicos tornam-se matéria-prima para a produção de biogás.

Biogás e o Dia Internacional da Reciclagem
A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência, e a Cultura (UNESCO)

A data foi instituída pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e comemorada em 17 de maio.

O principal objetivo do Dia Internacional da Reciclagem é promover uma reflexão sobre a nossa forma de consumo e a nossa relação com os resíduos gerados.

Esse dia é uma ótima  oportunidade para conscientizar a todos sobre o conceito de resíduo e as formas adequadas de tratamento e destino.



Alguns questionamentos são importantes para iniciarmos discussões construtivas que conduzam a reflexões:

  • =>> E aí, já parou para pensar qual é o destino do seu lixo??
  • =>> Quais os impactos negativos ao meio ambiente e a nossa saúde quando os resíduos não recebem uma destinação correta?
  • =>> O que é reciclagem?
  • =>> Quais as vantagens dos processos de reciclagem?

Debater sobre esses temas contribuem para promover ações positivas, práticas sustentáveis, ambientalmente corretas e que gerem mudança de comportamento e atitude (mudanças culturais).

Nesse contexto, o conceito dos 5 Rs é um ótimo exemplo.

O significado dos 5 Rs da sustentabilidade são: Repensar, Recusar, Reduzir, Reutilizar, Reciclar.

Muito mais do que apenas cinco palavras, são cinco conceitos básicos que podem contribuir para redução da produção de lixo, podem promover a reutilização de materiais, gerar reciclagem, minimizar a exploração por recursos naturais (matérias primas) e reduzir os impactos negativos do descarte irregular de lixo.

 

Em todos esses pontos destacados, onde se encaixa o biogás?

A final, o que tem a ver reciclagem com biogás e biodigestão?

Calma, já vamos chegar lá....

 

Antes de responder a essas duas últimas perguntas é preciso destacar alguns conceitos, como o conceito de coleta seletiva.

Segundo conceito apresentado na Wikipédia, coleta seletiva é o termo utilizado para o recolhimento dos materiais que são possíveis de serem reciclados, previamente separados na fonte geradora. Dentre estes materiais recicláveis podemos citar os diversos tipos de papéis, plásticos, metais e vidros. Esse são materiais que possuem algum valor comercial e com potencial para serem reintroduzidos nos processos produtivos como matéria prima.

A separação do lixo evita a contaminação dos materiais reaproveitáveis (papéis, plásticos, metais e vidros), aumentando o valor agregado destes e diminuindo os custos de reciclagem.

Fonte da imagem: http://rmai.com.br/projeto-quer-levar-coleta-seletiva-de-lixo-25-mil-condominios-de-sp/

 

Cores padronizadas dos recipientes de resíduos

  • =>> Vermelho – Plástico
  • =>> Azul - Papel/Papelão
  • =>> Verde – Vidro
  • =>> Marrom - Orgânico
  • =>> Amarelo - Metal



Também há cores padronizada para outros tipos de resíduos

  • =>> Cinza - Lixo que não será encaminhado à reciclagem
  • =>> Preto - Madeira
  • =>> Branco - Lixo hospitalar/ saúde
  • =>> Laranja - Resíduos perigosos



Em muitos municípios há uma cadeia estruturada que possibilita o retorno desses materiais (plásticos, papéis, vidros e metais) aos processos produtivos. É uma cadeia formada com catadores, coleta diferenciada, centrais de triagem, reintroduzidos novamente na base dos processos de produção. Nessa estrutura de coleta seletiva e reintrodução no mercado com insumo base, os resíduos orgânicos, ainda não possuem um mercado (oferta e demanda), consequentemente não há um valor comercial, ao contrário do exemplo de resíduos como latinhas de alumínio. A destinação adequada atualmente para os resíduos orgânicos são os aterros sanitários.

Para um futuro próximo, esse cenário pode mudar.

 

Mas afinal, o que é lixo (resíduo) orgânico e quais os tipos?

Fonte da imagem: https://www.orificewasterecycling.com/organic_foodwaste_collections.html

Resíduo orgânico é aquele material de origem animal ou vegetal.

Nas nossas casas, por exemplo, os principais resíduos orgânicos são:

  • =>> Restos de alimentos (vegetais, frutas, legumes, carne, ossos, etc.);
  • =>> Sacos de café e chá;
  • =>> Cascas de ovos e Sementes;
  • =>> Restos de podas do jardim: folhas, caule, madeira;
  • =>> Dejetos humanos;
  • =>> Entre outro.

Todo esse material passará por processos de decomposição, emitindo maus odores, atraindo vetores, podendo contaminar solo, recursos hídricos e emitindo gases de efeito estufa.

Quando esse material é destinado para locais adequados, como aterros sanitários ou biodigestores (reatores anaeróbios), durante o processo de decomposição da matéria orgânica haverá formação de biogás.  Uma mistura de gases geradas durante decomposição composta principalmente de gás carbônico e gás metano, entre outros.

O gás metano é o único elemento presente no biogás que é combustível. Quando o biogás passa por um processo de limpeza e purificação, é possível reduzir a presença de todos os outros gases presentes no biogás de modo que o metano possa atingir índices de acima de 90%. Quando a composição do biogás (após purificado) rico em metano atinge especificações compatíveis ao gás natural passa a ser denominado como biometano.

Biometano é um combustível natural que pode substituir o uso de combustíveis fósseis, podendo ser aplicada nos meios de transporte e na geração de energia elétrica, entre outros.

A reciclagem da matéria orgânica para produção de biogás e biofertilizante promovem desenvolvimento da Economia Circular.

Economia circular é um conceito estratégico que assenta na redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia.

É preciso gerar discussões sobre o destino atual que damos para os nossos resíduos orgânicos e o potencial de produção de biocombustível que estamos desperdiçando.

Precisamos promover ações que contribuam para o desenvolvimento sustentável local e nesse sentido a biodigestão e produção de biogás são estratégicos para promover a reciclagem dos resíduos orgânicos.



Publicado em 17/05/2019. Atualizado em 17/05/2021