Ministro Joaquim Leite palestra na abertura do 4º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano, em Caxias do Sul

Encontro ocorre de 12 a 14 de abril, no UCS Teatro, em Caxias do Sul, e vai discutir tendências, inovação, projetos e negócios direcionados ao aproveitamento do biogás para a geração de energia elétrica, térmica e biometano.

Ministro Joaquim Leite palestra na abertura do 4º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano, em Caxias do Sul
Ministro Joaquim Leite palestra na abertura do 4º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano, em Caxias do Sul
Ministro Joaquim Leite palestra na abertura do 4º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano, em Caxias do Sul
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Eventos
CIBiogás, Embrapa, UCS e Sbera

Ministro Joaquim Leite palestra na abertura do 4º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano, em Caxias do Sul

Encontro ocorre de 12 a 14 de abril, no UCS Teatro, em Caxias do Sul - RS, e vai discutir tendências, inovação, projetos e negócios direcionados ao aproveitamento do biogás para a geração de energia elétrica, térmica e biometano.

Num contexto de potencialidades para o desenvolvimento do setor, será realizado de 12 a 14 de abril o 4º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano, no Teatro da Universidade de Caxias do Sul (UCS Teatro), em Caxias do Sul - RS, na Serra Gaúcha. O encontro vai debater o panorama atual do biogás e suas perspectivas, entre outras temáticas, e inclui uma agenda com atividades paralelas. O Fórum será, principalmente, um espaço de conexões e de troca de experiências, parcerias e negócios direcionados ao aproveitamento do biogás para aplicações energéticas (energia elétrica, térmica e biometano).

"O biogás é muito importante para permitir o destino correto aos resíduos e, ao mesmo tempo, produzir energia. E o Fórum é uma oportunidade para interação de todo o ecossistema do biogás, tanto os geradores de resíduos como as indústrias que são capazes de obter energia a partir dos resíduos e, também, para as pessoas que se interessam pela sustentabilidade e pelo meio ambiente. A produção de energia, a partir de resíduos, é indispensável para contribuir no processo de descarbonização no sistema agroindustrial brasileiro, colaborando com as metas da COP26", observa a coordenadora do Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano, Suelen Paesi.

FOTO 1: Pesquisadora Suelen Paesi, da Universidade de Caxias do Sul, coordenadora do 4º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano. Claudia Velho/Divulgação UCS.

A pesquisadora da UCS ressalta a relevância do tratamento dos resíduos para a economia, impulsionando negócios e gerando empregos. "Com os resíduos bem gerenciados, teremos novas possibilidades de emprego e isso representa um avanço social. A produção de biogás é uma forma nova de investimento porque oportuniza rendimentos", enfatiza Suelen.

O 4º Fórum é realizado pelo Centro Internacional de Energias Renováveis (CIBiogás), pela Embrapa Suínos e Aves e Universidade de Caxias do Sul (UCS), e organizado pela Sociedade Brasileira dos Especialistas em Resíduos das Produções Agropecuária e Agroindustrial (Sbera). Teve início regionalmente, com a primeira edição na UCS, em 2017, e foi ganhando abrangência e participações internacionais. Foz do Iguaçu (PR) e Chapecó (SC) receberam as edições seguintes. Em final de março de 2021, a edição em formato online teve 1 mil inscritos, 17 empresas patrocinadoras e 25 instituições apoiadoras.

Nesta edição de 2022, quando o evento volta a ser presencial, estão programados oito painéis temáticos, visitas técnicas, entrega do "Prêmio Melhores do Biogás Brasil", apresentação de startups e exposição de empresas do setor no Espaço de Negócios. O Fórum abre, também, agenda para o encontro Mulheres do Biogás, reunião de extensionistas da área rural, 2º Encontro de produtores do biogás e reunião da Rede de Laboratórios de Biodigestão. O último dia será reservado a três roteiros de visitas técnicas.

A abertura do evento será às 9h do dia 12 de abril, com palestra do Ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, sobre "Plano Nacional Metano Zero e a Estratégia Federal de Incentivo ao Uso Sustentável de Biogás e Biometano".

Organizações do setor, profissionais, gestores, técnicos, pesquisadores e estudantes são esperados nos três dias de programação. 

As inscrições ainda podem ser feitas no site biogasebiometano.com.br.

 

PROGRAMAÇÃO

Para os dois dias de debates, estão programados oito painéis com os seguintes temas: Políticas públicas federais para o desenvolvimento do biogás no Brasil; Energia elétrica com biogás; Descarbonização por meio do biogás; Avanços tecnológicos e regulatórios para produção de biometano no Brasil; Plantas de biogás no sul do Brasil; Biogás produzido a partir de resíduos agroindustriais; e Caminhos para avançar no setor de biogás.

 

  • Prêmio Melhores do Biogás Brasil – É a primeira edição do prêmio, que será entregue aos vencedores no dia 13 de abril, no final da tarde. A votação é pública e aberta até dia 12 de abril, em meio eletrônico (para conhecer os concorrentes e participar, basta acessar https://biogasebiometano.com.br/premio-melhores-do-biogas/), no site do Fórum. Serão premiados os mais votados pelo público nas categorias: profissionais, organizações e unidades ou plantas geradoras que cumpriram um papel relevante no setor do biogás no país, em 2021.

  • Espaço de Negócios – A cadeia do biogás tem apresentado um cenário bastante promissor para os negócios. Troca de informações, reuniões, network e parcerias estarão abertas durante o Fórum, em dois momentos da programação, de manhã e à tarde, nos dias 12 e 13 de abril, num espaço no Centro de Convivência, ao lado do UCS Teatro, que concentrará as atividades do evento.

 

  • Momentos Startups – Durante os dois primeiros dias do Fórum, cinco startups vão apresentar, em pitches, exemplos de soluções inovadoras em produtos, processos e serviços que desenvolvem ao setor. Os encontros vão ocorrer dentro da agenda oficial do evento nos dias 12 e 13 de abril. Para os organizadores, é a possibilidade de criação de um ecossistema colaborativo para ampliar a competitividade da cadeia do biogás.

 

  • Visitas Técnicas – Inscritos nas Visitas Técnicas vão conhecer de perto, no dia 14 de abril, como parte da programação do Fórum, exemplos de plantas que utilizam resíduos sólidos urbanos, resíduos industriais e dejetos de animais. A Visita 1 será à Fazenda Trevisan, em Farroupilha (RS), logo após, à unidade da cervejaria Ambev em Viamão (RS). A Visita Técnica 2 será a Minas do Leão (RS), onde fica a Usina de Resíduos Recreio, a maior das seis Unidades de Valorização Sustentável (UVS's) da Companhia Riograndense de Valorização de Resíduos. Já a Visita 3 será à planta da Folhito Adubos Orgânicos, em Estrela (RS), que produz fertilizantes orgânicos.

 

A programação completa do Fórum está disponível no site https://biogasebiometano.com.br/programacao/

FOTO 2: Granja São Pedro Colombari, localizada em São Miguel do Iguaçu (PR) -  Marcos Labanca/ Divulgação CIBiogás.

ENCONTROS PARALELOS

O 4º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano também reserva espaço para reuniões de iniciativas que buscam devolver a cadeia do biogás. Paralelamente à programação oficial, foram organizados quatro encontros para os dias 12 e 13 de abril.

 

  • Reunião de Extensionistas Rurais – Vai ocorrer no dia 12 de abril, às 15h45min, e reunirá representantes das Empresas de Extensão Rural do Sul – Epagri de SC, Emater-Ascar do RS, IDR do PR e representantes dos realizadores do Fórum. Extensionistas vão debater o potencial do trabalho de extensão com vistas à obtenção de incentivo ao biogás. No encontro está prevista uma oficina de planejamento da iniciativa em criação.

 

  • Encontro de Produtores do Biogás – Nesta segunda edição – a primeira ocorreu em Chapecó (SC) – produtores vão debater sobre biogás na prática, oportunidades e desafios e caminhos para a organização do grupo e desenvolvimento do setor. Vai ocorrer no dia 12 de abril, às 18h30min. Será aberto a demais interessados no tema.

 

  • Rede de Laboratórios de Biodigestão – A Rede, que é liderada pela Embrapa Suínos e Aves, terá reunião no dia 13 de abril, às 8h.

 

  • Reunião de Mulheres do Biogás – Mulheres do setor têm encontro marcado no dia 13 de abril, a partir das 15h45min. A iniciativa Mulheres do Biogás teve origem no âmbito do Instituto 17, organização da sociedade civil para difundir o desenvolvimento sustentável, no Programa de Energia para o Brasil, do governo britânico, e se inspirou também em outros movimentos. Para se inscrever na reunião ou obter mais informações, o endereço é [email protected] E para saber mais sobre a iniciativa, é só se cadastrar em: https://mailchi.mp/i17.org/mulheresdobiogas

 

 

ENCONTROS PREPARATÓRIOS

Como encontros preparatórios ao Fórum, serão realizados dois eventos presenciais no dia 11 de abril, segunda-feira.

 

  • Oficina de inovação para o setor do biogás do Sul do Brasil – É programada à véspera do 4º Fórum, no dia 11 de abril, das 14h às 16h, na Sala Florense da UCS. Serão apresentadas boas práticas para negociação e parcerias entre instituições de ciência e tecnologia e empresas privadas, seguidas de debate e troca de experiências. O encontro é uma oportunidade de conectar pesquisa e mercado.

 

  • Minicurso Biogás e Seus Impactos - Lançado pelo Projeto GEF Biogás Brasil e o CIBiogás, o curso gratuito ocorrerá na segunda-feira, dia 11 de abril, das 14h às 18h30. No minicurso será apresentado um case para a abordagem de conceitos e aplicações práticas relacionados à cadeia de produção de biogás, contemplando a digestão anaeróbia e critérios para dimensionamento de biodigestores, tratamento de biogás, aplicações energéticas (energia elétrica, térmica e veicular), modelos de negócios e viabilidade econômica de projetos com atividades práticas. O Projeto GEF Biogás Brasil é liderado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), implementado pela Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO) e conta com o CIBiogás como principal entidade executora.

 

FOTO 3: Vista aérea do Sistrates - Sistema de Tratamento de Efluentes da Suinocultura, instalado na Granja Master, em Videira/SC - Julio Gomes Filho/Divulgação Embrapa.

 

PARA SABER MAIS

 

  • O que é biogás? - É uma mistura de gases composta principalmente por metano e dióxido de carbono, obtida normalmente através do tratamento de resíduos domésticos, agropecuários e industriais, por meio de processo de biodegradação anaeróbia, ou seja, na ausência de oxigênio. O biogás pode ser aplicado na geração de energia elétrica e energia térmica e na produção de biometano, um biocombustível similar ao gás natural. Durante o processo, também há produção de biofertilizante.

 

  • Quem pode produzir biogás? - Propriedades rurais, aterros sanitários e indústrias relacionadas à agropecuária. Também é possível produzir biogás com esgoto, resíduos vegetais e resíduos de alimentos (domésticos, comerciais e industriais).

Segundo a Nota Técnica Panorama do Biogás no Brasil em 2020, elaborada pelo CIBiogás, existem 675 plantas de biogás no país, sendo que 94% delas operam para fins energéticos (geração de energia elétrica, térmica, mecânica e/ou biometano). O estudo mostra, também, que há oportunidades de expansão da cadeia e um grande potencial de produção a ser explorado. O potencial nacional de produção de biogás bruto calculado pela Associação Brasileira de Biogás (ABiogás) é de 82,58 bilhões de metros cúbicos ao ano, considerando os setores sucroenergético, saneamento, proteína animal e produção agrícola. Esse potencial, se comparado com o atual cenário de produção de biogás brasileiro (1,83 bilhão de metros cúbicos ao ano) revela a oportunidade de enorme expansão, pois apenas 2% do potencial total são aproveitados atualmente.

O documento elaborado pelo CIBiogás está disponível em: https://cibiogas.org/wp-content/uploads/2021/04/PANORAMA-DO-BIOGA%CC%81S-NO-BRASIL-2020-v.8.0-1.pdf

 

 

4º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano

  • Quando: 12 a 14 de abril de 2022
  • Onde: UCS Teatro | Universidade de Caxias do Sul | Caxias do Sul | RS
  • Inscrições: www.biogasebiometano.com.br 

 

Mais informações podem ser obtidas nos canais:

 

O 4º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano cumpre as regras municipais de prevenção e enfrentamento à pandemia de Covid-19. O evento disponibiliza produtos assépticos para higienização e exige a comprovação de vacinação no ato de credenciamento. O uso de máscara, conforme decreto municipal, não é obrigatório.

O 4º Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano tem o apoio institucional do Portal Energia e Biogás


Fonte: Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano - Realização: CIBiogás, Embrapa e UCS | Organização: Sbera
Publicado em: abril de 2022.

Este evento não é de autoria do Portal Energia e Biogás ®, desta forma, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são da fonte especificada. Para acessar o conteúdo em seu veículo original, clique aqui.