O manejo de dejetos da suinocultura e a Economia Circular

A digestão anaeróbia é uma solução efetiva para o manejo dos dejetos da suinocultura, resultando na produção de bioenergia.

O manejo de dejetos da suinocultura e a Economia Circular
Foto: Divulgação/ Gabriela Bonassa
Comunidades & Produtores de Biogás
Dejetos da Suinocultura

Sistema de tratamento de dejetos da Suinocultura - Economia linear versus Economia Circular

Autora: Gabriela Bonassa

Na perspectiva de desenvolvimento sustentável, o manejo de dejetos da suinocultura em granjas pode seguir bases de economia linear e circular. A base de economia circular é fundamentada em princípios de sustentabilidade em Cascading (“princípios em cascata”), que objetiva agregar o máximo de valor aos resíduos, pela recuperação de energia/produção de biogás.

Como bastante difundido, o tratamento de dejetos da suinocultura é essencial para proteção ambiental e segurança da saúde pública. Este possui elevada concentração de sólidos e matéria orgânica, nutrientes (fósforo e nitrogênio), metais pesados (cobre e zinco) e patógenos. Tipicamente, a digestão anaeróbia (DA) é uma solução efetiva para manejo do dejeto, resultando na produção de bioenergia (gás rico em metano) e biofertilizante.

O biofertilizante possui valor agregado quando pode ser aproveitado em terras agricultáveis, isto é, no caso de disponibilidade de áreas com requisito nutricional de nitrogênio e fósforo. No entanto, a disposição incorreta e sobrecargas desses nutrientes ao solo ou corpos hídricos, proporciona emissão de altas concentrações atmosféricas de amônia, lixiviação de fósforo em solos e contaminação por patógenos. Nesses casos, satisfatoriamente, algumas rotas já são bastante conhecidas e consolidadas para remoção e/ou recuperação de nutrientes de digestatos.

A implementação de tecnologias limpas, energias renováveis e novos conceitos na cadeia de tratamento de dejetos, configuram um novo conceito para o manejo de efluentes da suinocultura. A economia linear pode ser transfigurada para conceitos de economia circular, mitigando concomitantemente a geração de efluentes com potencial poluente e maximizando a sustentabilidade da cadeia, competitividade, criação de empregos, renda e inovação na produção intensiva de suínos.

Algumas estratégias do princípio de cascading aliado à economia circular são:

  • (i) tecnologias para recuperação/remoção de nutrientes (remoção de nitrogênio e recuperação de fósforo);
  • (ii) cultivo de microalgas em digestatos da DA/ficoremediação;
  • (iii) inativação de patógenos;
  • (iv) reúso de água nas granjas.

Tudo isso, buscando-se evitar:

  • (v) o lançamento de dejeto suíno em águas superficiais e solo;
  • (vi) mitigar as emissões de amônia e odores;
  • (vii) eliminar a disseminação de patógenos;
  • (viii) reduzir a contaminação de água e solo por nutrientes e metais pesados.

Vale lembrar também que o problema ambiental do elevado volume de resíduos na suinocultura não pode ser totalmente vinculado aos atuais modelos adotados de produção de proteína animal de maneira confinada. Isso também é uma consequência da maneira como é conduzida a produção animal dentro das granjas. O manejo e redução de consumo de água limpa nas instalações são essenciais para sustentabilidade de toda a cadeia, para ambos os conceitos de economia linear e/ou circular. O uso cotidiano de práticas, conhecimentos e tecnologias que reduzam o impacto ambiental e melhorem a eficiência da cadeia é também a chave da sustentabilidade da suinocultura.

Referências consultadas

  • LÓPEZ-PACHECO, Itzel Y. et al. Phyco-remediation of swine wastewater as a sustainable model based on circular economy. Journal of Environmental Management, v. 278, p. 111534, 2021. Doi: 10.1016/j.jenvman.2020.111534
  • CRUZ, Ianny Andrade et al. Valorization of cassava residues for biogas production in Brazil based on the circular economy: An updated and comprehensive review. Cleaner Engineering and Technology, p. 100196, 2021. Doi: 10.1016/j.clet.2021.100196
  • CAMPBELL-JOHNSTON, Kieran et al. The circular economy and cascading: towards a framework. Resources, Conservation & Recycling: X, v. 7, p. 100038, 2020. Doi: 10.1016/j.rcrx.2020.100038
  • RO, Kyoung S. et al. High-rate solid-liquid separation coupled with nitrogen and phosphorous treatment of swine manure: Effect on ammonia emission. Frontiers in Sustainable Food Systems, v. 2, p. 62, 2018. Doi: 10.3389/fsufs.2018.00049

Gabriela Bonassa

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola (PGEAGRI) da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

Doutoranda em Engenharia Agrícola (Área de concentração: Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental) pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Campus Cascavel, e estagiária no Laboratório de Análises Ambientais na Embrapa Suínos e Aves. Atuando na área de tratamento de efluentes da suinocultura, com foco em processos biológicos de tratamento de digestatos (Nitrificação/Desnitrificação, processo Anammox), biogás e biometano, controle de qualidade, química ambiental e biocombustíveis.

Contato: [email protected] (+55) 45 99927-8970

Gostou do assunto?

Para saber mais, acesse: geração de biogás no Brasil


Autora: Gabriela Bonassa.
Publicado em:  12 de julho de 2021.

Esta notícia não é de autoria do Portal Energia e Biogás, desta forma, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do autor. O Portal Energia e Biogás disponibiliza o espaço Comunidades & Produtores de Biogás para que especialistas publiquem conteúdos de opinião relacionados com o mercado de biogás e biometano. Os textos são avaliados pela equipe de redação do portal, que define possibilidade de publicação. Os conteúdos de opiniões enviados e publicados nesse espaço não refletem necessariamente a opinião do Portal Energia e Biogás.