Temperatura da digestão anaeróbia e os Sólidos Voláteis

Dois parâmetros importantes do processo de digestão anaeróbia que afetam diretamente a produção de biogás, mais especificamente na produção de biometano.

Temperatura da digestão anaeróbia e os Sólidos Voláteis

Quais são os parâmetros que afetam a produção de biometano?


Hoje vamos destacar a relação direta de dois parâmetros:

* Temperatura do processo da digestão anaeróbia (DA)
* Carga de Sólidos Voláteis (SV)

Há muitos modelos matemáticos que possibilitam a avaliação de parâmetros do processo de DA e a relação direta com a produção de biometano.
Nesta modelagem foi considerado o modelo matemático desenvolvido por HASHIMOTO (1982), onde é possível visualizar a variação da taxa de produção de metano para um tempo de retenção hidráulica de 15 dias, em 4 faixa de temperatura (de 20 à 40ºC).


O segundo parâmetro avaliado foi a carga de sólidos voláteis no reator (gSV / litro de substrato).
O resultado é apresentado em volume de biometano (litros) obtido para cada volume útil do reator (litros). Observe a curvas de produção específicas para cada temperatura de processo com diferentes taxas de carregamento de SV.

Referências

  • DE LIMA, H.Q. Avaliação dos modelos Hashimoto e AMS-IIID para produção de metano com dejetos de suínos. 2011.
  • HASHIMOTO, A. G. Methane from cattle waste: Effects of temperature, hydraulic retention time, and influent
    substrate concentration on kinetic parameter (k). DOI: 10.1002/bit.260240911