Air Liquide é selecionada finalista para o prêmio “Platts Global Energy”

Estação Biometano Agro viabiliza uma economia circular que reduz a emissão de gases de efeito estufa (GEE) ao processar o biogás em fazendas de pequeno e médio porte.

Air Liquide é selecionada finalista para o prêmio “Platts Global Energy”
Foto: Divulgação/ Air Liquide
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Mercado Brasileiro
Premiação Internacional

Air Liquide é selecionada finalista para o prêmio “Platts Global Energy

Categoria “Produtos Químicos Sustentáveis – Melhor Produto”.

A Air Liquide desenvolveu uma solução inovadora para a reutilização de resíduos orgânicos em fazendas, a Estação Biometano Agro AG050/AG100, que é finalista do Platts Global Energy Award da S&P Global Commodity Insights na categoria “Produtos Químicos Sustentáveis – Melhor Produto”. Atualmente disponível no Brasil, a Estação Biometano Agro viabiliza uma economia circular que reduz a emissão de gases de efeito estufa (GEE) ao processar o biogás, derivado da decomposição da biomassa orgânica em biometano.

O biometano, também conhecido como gás natural renovável (GNR), pode ser utilizado como combustível em tratores, caminhões, automóveis e outros tipos de veículos movidos a Gás Natural Veicular (GNV), em vez de óleo diesel. A produção de GNR reduz a quantidade de metano liberado na atmosfera a partir do biogás, que é cerca de 25 vezes mais potente que o dióxido de carbono como GEE.

Como parte de um compromisso de longa data com o desenvolvimento de tecnologias que permitam aos seus clientes industriais reduzir as suas emissões de GEE, a Air Liquide tem facilitado a expansão desta importante fonte de energia em todo o mundo há mais de uma década.

A Estação de Biometano Agro é um sistema plug and play para o fornecimento de biogás para fazendas de pequeno e médio porte que funciona em conjunto com equipamentos biodigestores anaeróbios existentes para produzir, armazenar e distribuir o GNR. Os biodigestores anaeróbios são ambientes fechados e livres de oxigênio, nos quais os micro-organismos decompõem o material biodegradável para produzir biogás.

 Clique aqui para seguir o canal do Portal Energia e Biogás no WhatsApp.

O biogás é composto principalmente de metano (CH4) e dióxido de carbono (CO2), juntamente com sulfeto de hidrogênio (H2S) e traços de outros elementos. A Estação Biometano Agro purifica o biogás para produzir GNR, separando esses gases usando uma tecnologia proprietária baseada em membrana. A Air Liquide desenvolveu competências em toda a cadeia de valor do GNR, desde a purificação do biogás em GNR, até à sua liquefação, armazenamento, transporte e distribuição.

A solução foi desenvolvida por equipes de Engenharia de Biogás no Brasil e nos Estados Unidos para um cliente anteriormente não atendido: fazendas familiares de pequena escala em áreas rurais remotas. A produção do equipamento foi no Brasil, sendo este um produto 100% brasileiro, com fabricação nacional e credenciado para financiamento pelo FINAME.  

O sistema foi desenvolvido para trabalhar 24 horas por dia, sem necessidade de intervenção operacional. E ainda, se toda a demanda de veículos for atendida, o sistema ainda pode produzir eletricidade limpa e renovável.

Com custos operacionais reduzidos, créditos de carbono gerados através da redução de GEE e um abastecimento de combustível, a Estação Biometano Agro não só reduz o impacto ambiental das operações agrícolas destes agricultores, mas também aumenta a competitividade, promovendo o crescimento das suas famílias e das comunidades que servem.

Fazem parte da equipe do Projeto Estação Biometano Agro: Caio Mogyca, Leandro Tocchet e Nilda Silva. Foto: Divulgação/ Air Liquide

Gostou do assunto?

Quer saber mais sobre o biogás no Brasil?



Fonte: Air Liquide, 27 de setembro de 2023.

Esta notícia não é de autoria do Portal Energia e Biogás ®, desta forma, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são da fonte especificada.

AVISO! O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.